HC Maia, 3 – AD Sanjoanense “B”, 4

Jogo no Pavilhão Nortecoope, Maia.

Árbitros: Miguel Matos (AP Porto) e Jorge Machado (AP Porto).

HC Maia: Tiago Santos, Pedro Ferreira, Marcelo Ribeiro, António Costa, Álvaro Pinto.
Suplentes: Miguel Telles, António Cruz, Francisco Estrela, Ivo Nascimento, Diogo Rocha.

Treinador: Marco Dias.

AD Sanjoanense: Marcelo Silva, Pedro Gomes, Tiago Gaspar, Bernardo Pereira, Gonçalo Ribeiro.

Suplentes: Nuno reis, Daniel Pires, Jacinto Barreira, Gonçalo Bravo, Ricardo Fernandes.

Treinador: Franklin Silva.

Ao intervalo: 2-0.

Cartão azul para Tiago Gaspar (22’), Álvaro Pinto (25’48’’), Francisco Estrela (43’), Bernardo Pereira (45’), Marcelo Silva (49’).

Marcadores: Pedro Ferreira (2’), Álvaro Pinto (8’), António Cruz (41’), Bernardo Pereira (43’), Tiago Gaspar (45’, 49’), Pedro Gomes (49’).

A Sanjoanense entrou na nova época com um triunfo, vencendo na deslocação à Maia na jornada inaugural do Campeonato Nacional da 2.ª Divisão.

Começou melhor a equipa visitante, que abriu o ativo logo aos dois minutos, vantagem que os homens de Marco Dias ampliaram momentos depois, colocando o marcador nos 2-0. Os alvinegros tentaram reagir, mas um azul mostrado a Tiago Gaspar a poucos minutos do descanso, deixava o Maia perto de ampliar a vantagem, valendo a intervenção de Marcelo Silva para travar o remate de livre direto de António Cruz, e segurar o resultado de 2-0 ao intervalo.

A segunda parte começou com a Sanjoanense a pressionar, e os alvinegros podiam ter reduzido ainda no primeiro minuto de jogo, mas Tiago Gaspar não consegui bater Tiago Santos de livre direto, resultado do cartão azul exibido a Álvaro Pinto.

Os alvinegros procuravam, mas seriam os locais a chegarem novamente ao golo (3-0) aos 41 minutos por intermédio de António Cruz, já depois de Pedro Ferreira ter desperdiçado um novo livre direto, a castigar a décima falta da Sanjoanense.

Com o jogo a caminhar para o fim a recuperação parecia complicada para os visitantes, mas os homens de Franklin Silva ergueram-se e em pouco mais de cinco minutos deram a volta ao resultado e garantiram a vitória. Bernardo Pereira começou a escrever a cambalhota no marcador num livre direto. O jovem falhou a conversão, mas na recarga reduziu para 3-1. De seguida Tiago Gaspar aproximava os alvinegros no marcador para no último minuto bisar na partida e confirmar a vitória alvinegra, momentos depois de Pedro Gomes ter restabelecido a igualdade.

Na próxima jornada, a 9 de outubro, a Sanjoanense recebe o FC Porto B.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...