Numa casa senhorial da Família Amorim, miúdos e graúdos dão vida a um importante período da história de Portugal 

 

Chama-se “O Massacre” e será exibido já em dezembro, em local ainda a definir, inserindo-se na programação do projeto de descentralização cultural “Artes em Itinerância”, do Município de Santa Maria da Feira. “Futuramente será utilizado também a nível didático, nas escolas do concelho”, adiantou ao labor o empresário Paulo Amorim, cuja casa senhorial que era dos seus avós paternos, situada no Largo da Guerra Peninsular, em Arrifana, é o local onde o documentário está a ser rodado.

Com produção da Scape Produção de Vídeo Documental e direção artística de Carlos Reis, as filmagens decorrem a bom ritmo, com cenários da época e a participação de habitantes da vila, entre os quais alguns elementos da própria Família Amorim. Participam ainda crianças do Jardim de Infância de Manhouce.

 

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa ou no formato digital. Assine o labor aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...