A câmara municipal reinicia, esta semana, a distribuição de frutas e hortícolas nas escolas, através da qual se pretende incentivar a prática de uma alimentação saudável. O programa abrange agora também o pré-escolar da rede pública.

A iniciativa, desenvolvida em parceria com os agrupamentos do concelho, tem como intuito sensibilizar para a importância, junto dos alunos e das suas famílias, da inclusão de mais fruta e produtos hortícolas na dieta alimentar.

Assim, está prevista a distribuição gratuita de fruta e produtos hortícolas variados às cerca de 1.600 crianças do 1º ciclo do ensino básico e pré-escolar, duas vezes por semana, num total superior a 96.000 peças de fruta. Maçã, pera, clementina, tangerina, cereja, banana, ameixa, pêssego, cenoura “bebé” e tomate-cereja serão distribuídos, de forma rotativa e devidamente planeada pela Divisão de Educação do Município. Em simultâneo, serão desenvolvidas ações de educação e de sensibilização.

O Regime da Fruta Escolar (RFE) é uma iniciativa de âmbito europeu que pretende reforçar as práticas alimentares mais saudáveis e capacitar as crianças e famílias para a adoção de competências que levem a um consumo de fruta em substituição por “lanches” de fraca qualidade nutricional. O RFE é financiado pelos Ministérios da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas, da Saúde e o da Educação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...