Foram várias as consequências que a pandemia trouxe ao desporto, em particular aos escalões de formação. Ao longo das últimas duas épocas, para além da ausência de competições, milhares de equipas jovens estiveram privadas da sua atividade desportiva, situação que, inevitavelmente, trouxe consequências, especialmente para os atletas perto do final do seu percurso formativo. Se para os mais novos a ausência de atividade desportiva obrigou a uma adaptação forçada, por não terem tido oportunidade de efetuarem a progressão natural decorrente da passagem pelos vários escalões, para jovens com idade de juvenis e juniores a situação poderá ser bem diferente. Depois de quase duas épocas sem atividade desportiva que lhes permitisse alcançar o último patamar da formação e, eventualmente, dar o salto para uma equipa sénior, para muitos terá sido o ponto final no seu percurso desportivo.

Foi com essa realidade presente e com o objetivo de manter a ambição nos jovens de chegarem ao plantel principal que o departamento de futebol de formação da Associação Desportiva Sanjoanense lançou, esta época, uma equipa sénior. “Se calhar há dois anos não conseguíamos dizer aos miúdos que iam ter futuro na equipa sénior. Acho que hoje o discurso pode ser outro porque, neste momento, temos um plantel sénior que veio complementar a formação e onde os atletas podem ganhar experiência. A equipa sénior é sempre aquilo que os juniores podem ambicionar”, explica José Arede, diretor da nova equipa.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa ou no formato digital. Assine o labor aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...