AD Sanjoanense “B”, 4 – Riba d’Ave HC, 5

Jogo no Pavilhão da AD Sanjoanense.

Árbitros: Porfírio Fernandes e Jerónimo Moura (AP Porto).

AD Sanjoanense “B”: Nuno Reis, Luís Filipe, Tiago Gaspar, Gonçalo ribeiro, Alexandre Barreira.

Suplentes: Marcelo Silva, Jacinto Barreira, Daniel Pires, Bernardo Pereira.

Treinador: Franklin Silva.

Riba d’Ave HC: Álvaro Shedha, Pedro Silva, Nuno Pereira, Daniel Pinheiro, Pedro Rocha.

Suplentes: Miguel Rocha, Edgar Alves, Renato Castanheira, Anderson Silva, Gustavo Pato.

Treinador: Raul Meca Lopes.

Ao intervalo: 2-3.

Cartão azul para Tiago Gaspar (30’), Daniel Pinheiro (38’).

Marcadores: Daniel Pinheiro (2’), Pedro Rocha (2’), Luís Filipe (5’, 33’), Renato Castanheira (22’), Tiago Gaspar (22’), Nuno Pereira (29’, 30’), Alexandre Barreira (40’).

Faltas: AD Sanjoanense “B”, 12 | Riba d’Ave HC, 15.

Depois do triunfo na jornada inaugural, frente ao HC Maia, a Sanjoanense não voltou a vencer e a última derrota aconteceu no passado sábado na receção ao Riba d’Ave. Os alvinegros recebiam o líder e, por isso, não se esperava um jogo fácil para os homens da casa e com apenas dois minutos de jogo ficou patente as dificuldades que os locais teriam pela frente ao sofrerem dois golos praticamente seguidos. Daniel Pinheiro, com uma sticada cruzada, abriu o ativo, para momentos depois Pedro Rocha, em frente à baliza, desviar para o fundo das redes um passe de Nuno Pereira.

Com a partida praticamente no início o arranque não foi o desejado, mas a Sanjoanense levantou a cabeça, reagiu e não tardou a chegar ao golo. Luís Filipe, com uma excelente jogada individual, passou pelos quatro adversários e já dentro da área de baliza bateu Álvaro Shedha com um remate que ainda embateu no ferro.

Os locais procuraram a igualdade, mas a três minutos do intervalo, numa fase em que o jogo estava dividido, Renato Castanheira enfiou a bola pelo “buraco da agulha” e restituiu a vantagem inicial (1-3). Os pouco adeptos do Riba d’Ave presentes foram ao rubro, mas Tiago Gaspar não demorou a acalmar os ânimos com uma sticada de longe que só parou no fundo das redes do guardião visitante.

A segunda parte começou praticamente como a primeira, com dois golos consecutivos (2-5) da formação visitante, que complicaram as contas para os homens da casa. Se no primeiro Nuno Pereira finalizou um ataque em superioridade numérica, no segundo o homem do Riba d’Ave aproveitou um livre direto, fruto do cartão azul mostrado a Tiago Gaspar, para bisar na partida.

A Sanjoanense não atirou a toalha ao chão e em cinco minutos chegou à diferença mínima (4-5), com Luís Filipe a converter um livre direto, a castigar a décima falta dos visitantes, e Alexandre Barreira a fechar a contagem numa altura em que os locais jogavam em powerplay.

Ambas as equipas ainda dispuseram de um lance de bola parada para chegar ao golo, mas o resultado não sofreu mais alterações.

Na próxima jornada a Sanjoanense desloca-se ao recinto do CH Carvalhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...