UD Fermedo, 1 – AD Sanjoanense, 3

Jogo no Campo de Resumil.

Árbitro: Hugo Pinto, auxiliado por Marisa Castro e Gonçalo Almeida.

UD Fermedo: Gonçalo Santos, Rafael Gaspar, Sérgio Silva, Ricardo Almeida, Fernando Tavares, Rúben Azevedo, Tiago Silva (Tiago Rodrigues, 70’), Telmo Vieira, Diogo Rodrigues (Mário Oliveira, 63’), Nuno Teixeira (Eduardo Dias, 63’), Rafael Almeida (Filipe Laranjeira, 85’).

Suplentes: Albino Henriques, Filipe Laranjeira, Gonçalo Miranda, Eduardo Dias, Tiago Rodrigues, Diogo Loureiro, Mário Oliveira.

Treinador: Jorge Gomes.

AD Sanjoanense: Marcelo Lopes (Diogo Ferreira, 72’), Jorge Resende (Bruno Brandão, 72’), Tiago Pereira (Rúben Mateus, 45’), Tiago Silva, Júlio Oliveira, Diogo Silva (Tiago Resende, 72’), Bernardo Campos (Marcelo Soares, 72’), Ricardo Lima (Cristiano Oliveira, 60’), Carlos Resende, Pedro Gomes, David Nunes (André Soares, 60’).

Suplentes: Cristiano Oliveira, Diogo Ferreira, Bruno Brandão, Marcelo Soares, André Soares, Tiago Resende, Rúben Mateus.

Treinador: Diogo Tiago.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores: Diogo Rodrigues (15’), Ricardo Lima (42’ gp), David Nunes (52’ e 58’) .

Cartão amarelo para Marcelo Soares (90’+4’).

Cartão vermelho para Cristiano Oliveira (85’).

Depois de golear (1-8) a equipa do Fermedo na primeira eliminatória da Taça Pecol, a Sanjoanense regressou ao Campo de Resumil e voltou a vencer a formação da casa, agora por números mais modestos (1-3), num jogo a contar para a quinta jornada do campeonato.

Motivados pelo excelente resultado do fim de semana anterior, em que afastaram uma equipa (GD Calvão) do escalão superior da Taça Pecol, os alvinegros entraram em campo à procura de mais três pontos, mas foram os locais que se colocaram em vantagem à passagem do primeiro quarto de hora.

O golo não abalou a confiança dos homens de Diogo Tiago. A equipa organizou-se e não tardou a criar perigo para as redes locais, mas foi preciso esperar pelos últimos minutos da etapa inicial para a Sanjoanense restabelecer a igualdade no marcador, com Ricardo Lima a converter uma grande penalidade.

No arranque da segunda os visitantes praticamente sentenciaram o encontro, com David Nunes a mostrar-se particularmente eficaz ao apontar dois golos no espaço de seis minutos (52’ e 58’).

Uma série de alterações em ambas as equipas nos momentos seguintes acabaram por não trazer resultados ao marcador, que não voltou a sofrer alterações até ao final, apesar dos visitantes terem cumprido os últimos minutos reduzidos a 10 unidades após a expulsão de Cristiano Oliveira.

No próximo domingo a Sanjoanense recebe o S. Martinho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...