A 30 de novembro, Dia Internacional da Cidade Educadora 

 

Alunos das escolas de S. João da Madeira vão debater as questões da exclusão e inclusão social por ocasião da comemoração do Dia Internacional da Cidade Educadora, na próxima terça-feira, 30 de novembro. A efeméride, que este ano tem como temática “A Cidade Educadora não deixa ninguém para trás”, vai ser assinalada com a realização de um debate que resulta de uma parceria com a RTP Multimédia, através dos projetos #soquenao e #ENTR.

O debate terá como ponto de partida os testemunhos de quem sofreu na pele o preconceito, em vídeos que serão projetados nos Paços da Cultura e depois debatidos pelos jovens. “Preconceitos ou pré-conceitos raciais, religiosos, físicos, profissionais, médicos, morais ou espirituais. Cada protagonista pôr-nos-á cara-a-cara com os preconceitos que tem de ultrapassar todos os dias, com mais emoção ou melhor disposição”, informa a organização.

A iniciativa tem início pelas 15h00, contando com a participação da jornalista da RTP Joana Martins, enquanto moderadora, e de alunos das escolas Dr. Serafim Leite, João da Silva Correia e Oliveira Júnior e ainda do CEI – Centro de Educação Integral.

“Pretende-se que, nesta importante data de celebração do Dia Internacional da Cidade Educadora, esta iniciativa possa fomentar nos jovens sentimentos anti preconceito e anti exclusão social, tão importantes em sociedades livres e democráticas”, salientam os organizadores, segundo nota de imprensa remetida ao nosso jornal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...