Os “Frigoríficos Solidários”, localizados no Centro Coordenador de Transportes e na Biblioteca de Fundo de Vila, foram recheados, na semana passada, com iogurtes líquidos que foram doados ao Centro Humanitário de S. João da Madeira da Cruz Vermelha Portuguesa.

Esta foi uma iniciativa vencedora da edição do Orçamento Participativo da Freguesia, em 2017, e continua assim a ser dinamizada e a servir a comunidade. A propósito, o presidente da junta de freguesia (JF), Rodolfo Andrade, agradece, em comunicado enviado ao labor, a “todos os que ao longo dos anos têm apoiado esta iniciativa solidária”. O autarca apela também “ao uso racional para que os alimentos cheguem a todos os que dele necessitam”.

JF mostra a grupo de jovens de Erasmus “o melhor que S. João da Madeira tem”

Ainda na mesma semana, a JF recebeu um grupo de jovens que integram o programa “Erasmus + Social Inclusion: the truth behind the myths”, numa iniciativa apadrinhada no concelho pela Associação de Apoio à Criança Hiperativa.

De visita à cidade, estes jovens oriundos de vários países europeus visitaram o Centro de Formação Profissional da Indústria do Calçado, por iniciativa da JF, que disponibilizou o autocarro e lhes ofereceu uma pequena lembrança da identitária.

Rodolfo Andrade salienta que “o papel da Freguesia é acarinhar e acompanhar estas iniciativas solidárias, que são uma marca indelével da nossa cidade”, ao mesmo tempo em que “demonstramos aos de fora o melhor que S. João da Madeira tem”.

DR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...