AD Sanjoanense 23 FC Porto 32

Pavilhão das Travessas.

Árbitros: Fernando Costa e Diogo Teixeira.

AD Sanjoanense: Lucas Santana, Jackson Souza, Francisco Silva (7), Leonardo Abrahão (4), Nuno Queirós (5), Gonçalo Fernandes, Guilherme Novo (1), Francisco Fontes, Bruno Saurin (2), Matheus Pereira (2), Guilherme Silva, António Devile, Jefferson Bastos (1), João Lima, Pedro Silva, Ricardo Pinho (1) e Nilton Melo (1).

Treinador: João Varejão.

FC Porto: Leth Frandsen, Pedro Valdés (5), Victor Iturriza, Pedro Cruz (6), Diogo Oliveira (2), Rui Silva (2), Daymaro Salina (2), Nikola Mitrevski, Ivan Sliskovic (3), Leonel Fernandes (3), Diogo Branquinho (2), António Areia (1), Miguel Alves (3), Jesus Hurtado (1) e Fábio Magalhães (2).

Treinador: Magnus Andersson.

Resultado Intervalo: 12-15.

Na receção ao campeão nacional, a equipa do FC Porto, assistiu-se a uma boa entrada em jogo por parte da Sanjoanense, que encarou a partida sem receio do potencial do adversário. Mas, apesar do bom desempenho dos alvinegros, a experiência e os argumentos técnicos e físicos dos portistas acabaram por ditar o vencedor da partida (23-32). No entanto, ficou o registo de um bom desempenho da equipa de João Varejão que continua em busca de pontos de modo a garantir, o mais cedo possível a manutenção, conscientes que nestas últimas três jornadas teriam pela frente os três primeiros classificados do campeonato, e que seria muito difícil pontuar. Para fechar este ciclo difícil, falta ainda a deslocação ao Águas Santas, o quarto classificado, em jogo que acontecerá no próximo sábado.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa ou no formato digital. Assine o labor aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...