AD Sanjoanense 71 SC Coimbrões 67

Pavilhão Municipal Paulo Pinto.

Árbitros: Bruno Sá e Flávio Barros.

AD Sanjoanense: Joana Costa, Vanessa Ramada, Carolina Anacleto (10), Sofia Resende (3), Bruna Ressurreição (4), Hannah Armour (46), Sofia Cavadas (5), Joana Arieiro (3), Carolina Semedo, Maria Leite e Rita Castro.

Treinador: Frederic Pina.

SC Coimbrões: Catarina Lopes (21), Beatriz Teixeira, Helena Santos, Tamara Santos, Mariana Camelo (6), Ana Cristovão (6), Mariana Calisto (2), Anabeatriz Rodrigo, Ana Pereira (2), Beatriz Pereira (15), Mafalda Pereira (15) e Emilie Silva.

Treinador: Francisco Costa.

Resultado Intervalo: 34-26.

Vitória da Sanjoanense frente ao SC Coimbrões, numa partida muito emotiva, com incerteza quanto ao vencedor, mas nem sempre bem jogada. No final foi melhor o resultado (71-67) do que a exibição, permitindo às alvinegras manterem-se na frente da classificação em igualdade pontual com o Clip.

Carolina Anacleto, capitã da AD Sanjoanense

Numa partida que aparentemente seria mais acessível às alvinegras, o jogo foi disputado até ao último segundo. No final a satisfação pela vitória era notória, mas houve o reconhecimento, por parte da capitã da equipa, Carolina Anacleto, que a equipa não terá estado ao melhor nível. “Todos os jogos são difíceis, mas teoricamente este seria um jogo mais pacífico para o nosso lado, só que acabou por não ser, porque se calhar jogamos mais com o coração e a emoção, e a bola acabou por não entrar”, lembrando a baixa percentagem da linha de três pontos (16%). “Temos de ter outra maturidade a jogar porque não podemos, contra estas equipas, ganhar por apenas quatro pontos e manter a incerteza do resultado até ao fim. Temos de ser mais constantes”, admitiu.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa ou no formato digital. Assine o labor aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...