As três para a missa

0
72

No quarto com a varandinha virada a nascente, aconchegada ao meu netinho mais novo, ouvi as primeiras para a missa. Outrora, tocavam as segundas, e meia hora depois seguiam-se as três. Hoje, o mesmo sino da capela assinala as primeiras e logo a seguir o velho e saudoso som estende as três badaladas por todo o vale meio adormecido, numa limpidez de emoções tão longínquas e tão próximas. Desapareceram as segundas para dar menos trabalho a quem toca o badalo.

Alguns passos mais apressados, estrada abaixo, trazem à memória o longínquo tamanquear de adultos e crianças nas pedras esburacadas da velha calçada, alguns em atropelada correria pelo atraso e por as três estarem mesmo a cair.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa ou no formato digital. Assine o labor aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...