Margaridas brancas

0
31

Reparto sempre com eles as flores do meu aniversário. Foram muitas as que recebi, uns ramos mais singelos, outros mais elaborados, quase todas flores brancas, um ramo colorido dos meus netos, algumas cor-de-rosa à mistura com o azul arroxeado dos cardos. Entre elas havia um ramo de margaridas, de malmequeres brancos de que minha mãe tanto gostava. As margaridas e as camélias brancas eram as suas eleitas. Este ramo foi-me dado por uma amiga que minha mãe sempre estimara e acarinhara. Pelas duas razões foi o ramo que escolhi este ano para lhes levar ao lugar onde repousam.

 

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa ou no formato digital. Assine o labor aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...