O Centro de Formação Profissional da Indústria de Calçado (CFPIC) reconheceu, a semana passada, a longa carreira desportiva de Luís Lima, assinalando o momento com uma visita às suas instalações, a convite de Teresa Adegas, que retribuiu a presença que havia feito à exposição dos 50 anos de dedicação à prática desportiva do atleta.

Recorde-se que foi a 29 de fevereiro de 2020 que Luís Lima, triatleta da Associação Estamos Juntos (AEJ), comemorou 50 anos da sua carreira desportiva, dos quais 30 especificamente dedicados ao triatlo, modalidade que ainda hoje pratica. Para assinalar a data, o sanjoanense havia organizado uma exposição onde exibiu parte do seu espólio, entre troféus, equipamentos, fotografias e recortes de notícias das suas participações desportivas. Entre eles estava o da sua participação, em 2005, no Ironman, em Idanha-a-Nova, que fizeram dele um dos cerca de 300 atletas portuguesas a participarem nesta dura competição. Agora, aos 63 anos, Luís Lima continua a praticar a sua modalidade de eleição, o triatlo, algo que nem um AVC, em 2012, lhe tirou a vontade e a força de querer continuar.

O merecido reconhecimento e paixão pela prática desportiva foram agora retribuídos com um convite endereçado pela direção do CFPIC a Luís Lima, organizando uma visita guiada às instalações da academia. O triatleta teve a oportunidade de contactar com alguns formadores e ficou a conhecer de perto o dia a dia do Centro de Formação. Na visita o atleta da AEJ fez-se acompanhar de um saco de desporto e sapatilhas da marca Centro, ainda em bom estado de conservação, que Teresa Adegas apreciou e enalteceu pelo cuidado como tratou o material ao longo de tantos anos.

“No dia da exposição tive o prazer de conhecer o Luís Lima, e achei curioso o facto de, ao fim de todos estes anos, ele ser portador de um espólio de coisas que remontam há mais de 40 anos, como a mochila e as sapatilhas da marca Centro. No fundo acaba por ser um pouco embaixador do Centro de Formação, porque ele faz questão de mostrar os equipamentos e a sua durabilidade”, referiu Teresa Adegas, que acrescentou que esta visita serviu, também, como forma de retribuir e reconhecer os 50 anos dedicados à prática desportiva.

1 COMENTÁRIO

  1. Homenagem muito merecida, peca por tardia, não é para todos, o espírito de sacrifício e coragem, com prazer, que o homem de ferro participa neste desporto.
    Parabéns e muitas felicidades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...