A câmara tem como objetivo “converter estas visitas em dormidas, idas aos restaurantes e compras nos comércios” da cidade, anunciou o presidente Jorge Sequeira

A 23 de janeiro de 2012 realizaram-se as primeiras visitas aos Circuitos pelo Património Industrial de S. João da Madeira.

“O Turismo Industrial está enraizado na história de S. João da Madeira”. História essa que “começa em 11 de outubro de 1926, quando esta povoação, sendo o núcleo territorial mais industrializado do distrito de Aveiro, conquistou a sua autonomia municipal e trilhou o seu desenvolvimento assente no potencial da sua indústria”, recordou o presidente da câmara, Jorge Sequeira, durante a cerimónia do 10º aniversário do Turismo Industrial realizada esta segunda-feira na Casa da Criatividade.

A indústria chapeleira ficará para todo o sempre como aquela que foi “o motor de desenvolvimento e autonomia política” de S. João da Madeira. A quebra do uso do chapéu e consequente queda da indústria chapeleira deu lugar a uma revolução industrial com a transferência da força produtiva para outros setores como o calçado, o automóvel e o têxtil, sendo estes igualmente responsáveis pelo “trajeto de desenvolvimento económico e social do concelho”, constatou Jorge Sequeira.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa ou no formato digital. Assine o labor aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...