Dínamo Sanjoanense, 3 – CS Marítimo, 3

Jogo no Pavilhão das Travessas.

Árbitros: José Gomes e David Martins.

Dínamo Sanjoanense: Babas, Chico Leitão, João Carvalho, Xavier Moreira, Felipe Simas.

Suplentes: Nando Costa, Valter Batista, André Cardoso, Zé Paulo, Pedro Gomes, Bruno Moreira, Tiago Silva, Nuno Costa.

Treinador: André Crud.

CD Marítimo: Bruno Santos, Babau, Luís Mouta, Fábio Barros, Nicolas Tomé.

Suplentes: Josué Oliveira, Lucas Amparo, Marco Gomes, Santiago Gonçalves, Freddy, Gonçalo Jesus, Kayque Santos.

Treinador: Bruno Salgado.

Ao intervalo: 0-2.

Cartão amarelo para Zé Paulo (12’), Babas (17’), Babau (21’), Tiago Silva (22’), Lucas Amparo (31’), Fábio Barros (34’), Bruno Santos (39’).

Marcadores: Kayque Santos (15’), Fábio Barros (17’), Xavier Moreira (30’, 34’), Bruno Santos (39’), João Carvalho (39’).

O Dínamo Sanjoanense voltou a empatar com o Marítimo, agora em S. João da Madeira, num jogo em que os locais evitaram a derrota a escassos segundos do fim.

Com ambas as equipas a mostrarem clara vontade de vencer, o primeiro sinal de perigo pertenceu ao Dínamo com Tiago Silva a incomodar o guardião visitante logo aos 20 segundos. Seriam, contudo, os insulares a chegarem ao golo aos 15 minutos, fruto de uma falta de Babas que resultou numa grande penalidade. O guardião não conseguiu redimir-se do erro cometido momentos antes e viu o Kayque Santos atirar para o fundo das redes.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa ou no formato digital. Assine o labor aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...