Sim, são sinais

0
47

Uma cidade com muitas gruas no horizonte é sinal de vitalidade económica, do mesmo modo que se tiver as montras do seu comércio espalhadas de indicativos de “saldos, descontos ou rebaixas” é sinal de crise, havendo mesmo a sensação de que se pretende vender o”desconto” e não o “produto”.

É isso que faz hoje o panorama do comércio das nossas cidades, num grito de desespero surdo, mas profundamente angustiante, a economia essa anda a passo de “caracol”, a crise assusta e as pessoas refugiam-se no olhar da rua sem entrar na loja, a qualidade de produtos e serviços baixa e a esperança de melhores dias só está na mente dos governantes, a viverem universos de ficção. Mais duro é que o problema não é só nosso é aquilo com que os outros, europeus como nós, poderiam ajudar comprando os nossos produtos, também é atravessado por idênticos sinais.

 

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa ou no formato digital. Assine o labor aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...