As mais de 500 artroplastias realizadas pelo Serviço de Ortopedia têm despertado o interesse da comunidade ortopédica internacional 

 

O Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga (CHEDV) recebeu, no mês passado, a visita de cirurgiões do ombro brasileiros pertencentes ao Hospital de Brasília. Estes médicos estrangeiros acompanharam a equipa de António Miranda, diretor do Serviço de Ortopedia, realizando formação em próteses do ombro, conforme refere o CHEDV em nota de imprensa remetida ao labor.

Trata-se de um tipo especial de cirurgia destinada à substituição da articulação do ombro com osteoartrose grave, artropatia por rotura da coifa e por fraturas do úmero proximal. Este procedimento proporciona autonomia para os doentes pela diminuição da dor e ganho de mobilidade conforme os casos.

Ainda segundo o comunicado recebido pelo nosso jornal, “os bons resultados obtidos e a larga experiência da equipa do CHEDV em artroplastias [adquirida durante mais de 15 anos], com mais de 500 cirurgias realizadas, têm, por isso, despertado o interesse da comunidade ortopédica internacional”. Ao longo dos anos, o CHEDV tem, de facto, recebido vários cirurgiões e dado formação noutros países, tornando-se num “centro de referência”, dentro e fora do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...