Travanca, 1 – ADRAV, 3

INATEL: Zé Grande, David, Beto, Pi, Rúben (cap), Márcio (Victor, 79’) Costa, Xavier (Barraca, 63’), Abel, Marcelo Sales, Pombas (Joca, 79’).

Suplentes: Victor, Barraca, Joca.

Treinador: Carlitos.

A ADRAV conquistou três pontos importantes no último fim de semana ao vencer um adversário que ainda tinha possibilidade de chegar ao apuramento. Com este triunfo o conjunto de S. João da Madeira mantém-se isolado no segundo lugar do Grupo A, posição que dá acesso às meias finais da prova.

Com o campeonato na reta final, a ADRAV entrou em campo ciente da importância do jogo e cedo mostrou as suas intenções. Com um maior ascendente, os homens de Carlitos foram criando perigo para aos 18 minutos inaugurarem o marcador com um golpe de cabeça de Beto.

A reação dos locais não tardou, mas Zé Grande negou o golo a um dos homens da casa que surgiu isolado na área, e o intervalo chegou com os forasteiros em vantagem (0-1).

Na segunda parte a ADRAV entrou com vontade de resolver cedo a partida, mas um forte aguaceiro abrandou as intenções dos visitantes, que durante esse período viram o Travanca tomar conta do jogo. Com algumas dificuldades para sair do seu meio campo, valeu a prestação de Beto no eixo da defesa afastando muitos lances de perigo.

Com o jogo a caminhar para o fim e com o terreno de jogo mais praticável, Pombas converteu um chapéu em golo aos 70 minutos e deu mais tranquilidade aos homens de Carlitos.

Contudo, a 10 minutos do final a incerteza regressou, quando o árbitro do encontro assinalou um livre à entrada da área da ADRAV e o Travanca reduziu. Mas David rapidamente acalmou os locais repondo de imediato a vantagem de dois golos (1-3), fixando o resultado final.

No próximo dia 19, às 15h00, a ADRAV desloca-se a Mosteirô da Feira, jogo de capital importância para as duas equipas rumo ao apuramento.

Beto foi o homem do jogo

Beto decidiu ir a jogo limitado fisicamente, sacrificando-se em prol da equipa, mas não se notaram as limitações do central, que esteve implacável na defesa da ADRAV.

Através da sua polivalência e qualidade técnica, Beto ainda desbloqueou o nulo no marcador com um golpe de cabeça que deixou o guardião local sem reação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...