Mosteirô, 0 – ADRAV, 1

ADRAV: Zé Grande, David, Beto, Miguel, Rúben, Abel, Márcio (Vítor, 75) Costa (Joca, 79’) Marcelo Sales (Barraca, 60’) Xavier, Bruno Pombas (Pi, 40’).

Suplentes: Vítor, Joca, Barraca, Pi.

Treinador: Carlitos.

Num jogo de capital importância para as aspirações da equipa, a ADRAV não entrou bem na partida frente ao Mosteirô. Talvez acusando alguma ansiedade fruto da importância da partida, os homens de Carlitos tiveram alguma dificuldade para impor o seu futebol perante um adversário que se foi mostrando mais ativo e que podia ter inaugurado o marcador quando aos 20 minutos beneficiou de uma grande penalidade. Zé Grande esteve impecável e impediu os festejos dos homens da casa e o intervalo chegou com o nulo no marcador.

Carlitos mexeu no 11 para a segunda parte, com a entrada de Pombas e Pi, e as mudanças surtiram efeito. A ADRAV ficou mais dinâmica e acabou por chegar ao golo com uma excelente jogada de Abel.

Em desvantagem e com o aproximar do final da partida o Mosteirô tentava chegar ao empate, mas deparou-se sempre com a coesão defensiva da ADRAV.

A poucos minutos do fim os locais beneficiaram de uma má decisão da equipa de arbitragem, que assinalou um livre à entrada da área, mas Zé Grande voltou a destacar-se entre os postes segurando a vantagem dos homens de S. João da Madeira.

Com este triunfo a ADRAV conquistou três pontos importantes e beneficiou da derrota da Adrac do Rêgo, aumentando, assim, a vantagem para cinco pontos.

No próximo sábado a AVRAV desloca-se a Pigeiros para lutar por um lugar na final da Taça Fundação Inatel.

Zé grande foi o homem do jogo

Num jogo extremamente importante para as aspirações da ADRAV, Zé Grande esteve impecável entre os postes. O guardião efetuou uma série de defesas que permitiram ao conjunto de S. João da Madeira somar mais três pontos, com destaque para a última, onde evitou o que poderia ter sido o golo da igualdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...