Para além de ser levado aos palcos da Casa da Criatividade e dos Paços da Cultura, também chega, este ano, ao Museu da Chapelaria

Acabamos de sair de um Festival Literário dedicado à poesia para entrar diretamente não numa, mas em 20 peças de teatro.

A primeira delas, de seu nome “Aldebarã”, sobe já este domingo, dia 27 de março, pelas 17h00, ao palco da Casa da Criatividade.

A Companhia Terra Amarela, uma plataforma de criação artística inclusiva, é responsável por este espetáculo, dirigido à juventude, “construído a partir de jornadas mitológicas de heróis como Ulisses, Eneias e Jasão”, onde “a narrativa de viagem é mote para explorar temas como alteridade, diversidade e construção de linguagem”. O elenco é constituído por “uma tripulação incomum numa aventura desafiadora”. Os artistas são “intérpretes-criadores com perfis que se apoiam na diferença” seja na idade, nas raças, nas capacidades intelectuais e nas ferramentas de comunicação, segundo a informação divulgada esta terça-feira durante a apresentação do Festival de Teatro.

Depois de um interregno de dois anos forçado pela pandemia, o Festival de Teatro regressa em 2022 de uma forma diferente em comparação com edições anteriores onde a sua abertura cabia a uma peça de teatro já bem conhecida dos portugueses.

O programa continua com mais 19 peças da autoria de grupos de teatro locais que vão ser apresentadas na Casa da Criatividade e nos Paços da Cultura. Mas não só.

Para além de ser levado aos palcos das salas de espetáculos anteriormente mencionadas, o teatro também chega, este ano, ao Museu da Chapelaria. Um palco inusitado que se juntará aos de outras edições onde o teatro foi levado até a uma fábrica e aos transportes públicos.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa ou no formato digital. Assine o  trabalho aqui .

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...