Boa-Hora FC 25 AD Sanjoanense 26

Pavilhão F. Tavares – Lisboa.

Árbitros: Daniel Martins e Roberto Martins.

Boa-Hora FC: Adán Calzado, Gonçalo Ferronha (7), Inanov Krasimirov (2), Alexandre Pereira, António Varjão, João Reis, Nikolay Petrov, Victor Talmazan (2), Tomás Ribeira (1), Duarte Seixas, Benjamim João (4), Eduardo Almeida (5), José Cosme, Daniel Andrade, Lucas Ribeiro e Pedro Santana (4).

Treinador: João Florêncio.

AD Sanjoanense: Lucas Santana, Jackson Souza (4), Francisco Silva, Leonardo Abrahão (8), Nuno Queirós, Gonçalo Fernandes, Guilherme Novo, Francisco Fontes, Bruno Saurin (2), Matheus Pereira, João Lima (3), Gonçalo Domingues, Ricardo Pinho (2), Cleryston Novais (6) e Nilton Melo (1).

Treinador: João Varejão.

Resultado Intervalo: 13-14.

A Associação Desportiva Sanjoanense deslocou-se ao terreno do Boa-Hora FC, adversário direto na luta pela manutenção e conquistou a primeira vitória em 2022. Há muito que os alvinegros procuravam o regresso às vitórias e foi em Lisboa que conquistaram os três pontos, que chegaram em boa hora, nesta dura luta para ficar no principal campeonato da modalidade. Destaque para o regresso de Bruno Saurin, depois de longa ausência por lesão, dando mais uma solução na manobra ofensiva a João Varejão. A partida foi muito equilibrada e discutida até ao apito final, com o golo da vitória (25-26), marcado por Leonardo Abrahão, a acontecer em cima do apito final.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa ou no formato digital. Assine o labor aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...