Um anjo branco no banco do jardim

0
34

Poisou um anjo branco no velho banco do jardim. Estremeceu na dureza das arestas, tão velhas, manchada a madeira do tempo e dos anos, do sol quente e da chuva fria, miúda, graúda, em bolas de saraiva ou de neve derretida.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa ou no formato digital. Assine o labor aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...