AD Sanjoanense 25 SL Benfica 24

Pavilhão das Travessas – S. João da Madeira.

Árbitros: Simão Brandão e Marc Rodrigues.

AD Sanjoanense: Francisco Fontes, Bernardo Morais (2), Diogo Cunha, Rodrigo Lopes, Pedro Rodrigues, João Mesquita (4), Bruno Costa, André Mesquita, Duarte Rainho, Diogo Alves, Pedro Silva (7), Gustavo Marques (2), Nilton Melo (9) e Miguel Leite (1).

Treinador: Hélder Vieira.

SL Benfica: Bernardo Almeida, Afonso Mendes (6), Rafael Ferraz, Gabriel Sequeira (6), António Chris (3), José Baptista (1), Raí Lopes, Martim Ferraz (2), Miguel Cavalinhos, Ricardo Polido, Francisco Hassamo, Gonçalo Antunes (5), Guilherme Cruz e João Lourenço (1).

Treinador: Gualter Ribeiro.

Resultado Intervalo: 14-11.

Jogo decisivo para o apuramento para a fase final a quatro que definirá o campeão nacional. À Sanjoanense bastava um empate, mas o SL Benfica tinha obrigatoriamente de vencer. Por isso, o Pavilhão das Travessas foi palco de um jogo emotivo, muito disputado e bastante competitivo. No final a vitória acabou por ser dos alvinegros, pela margem mínima (25-24), premiando a equipa mais regular desta fase, que só perdeu no terreno do S. Bernardo, numa partida onde não contou com três jogadores preponderantes na manobra da equipa.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa ou no formato digital. Assine o labor aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...