“As Costureiras de Auschwitz”, de Lucy Adlington 

DR

A poderosa história das mulheres que usaram as suas técnicas de costura para sobreviver ao Holocausto, costurando roupas para a elite nazi, no salão de moda do campo de concentração de Auschwitz.

No auge do Holocausto, 25 jovens prisioneiras do campo de concentração de Auschwitz-Birkenau desenharam, cortaram e coseram elegantes peças de vestuário para as mulheres da alta sociedade nazi. Um trabalho que, esperavam, as salvaria das câmaras de gás.

Este salão de moda, denominado Ateliê de Alta-Costura de Auschwitz, foi criado por Hedwig Höss, a mulher do comandante do campo e funcionava a poucos metros de distância do bloco de interrogatórios onde se torturavam prisioneiros. Das mãos destas 25 jovens saíram maravilhosas peças de roupa que fizeram brilhar as senhoras da elite nazi em Berlim.

Quando a historiadora Lucy Adlington se encontrou pela primeira vez com Bracha Kohút, a última costureira sobrevivente, sentiu a história ganhar vida e expôs a ganância, crueldade e hipocrisia.

https://www.wook.pt/livro/as-costureiras-de-auschwitz-lucy-adlington/25876837?a_aid=5fd7b0d10f7fa

 

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa ou no formato digital. Assine o labor aqui.

 

Nota: este livro e outros estão disponíveis na Biblioteca Municipal Renato Araújo (BMRA) e podem ser requisitados por email (bibliotecamunicipal@cm-sjm.pt),telefone (256200890/962146410) ou através da página da BMRA
na internet em http://sjmadeira.bibliopolis.info/#Catalogo

http://biblioteca.cm-sjm.pt

https://www.facebook.com/biblioteca.sjm

https://www.instagram.com/biblioteca.saojoaodamadeira/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...