Reuniram-se ontem, dia 31 de maio, em S. João da Madeira, representantes da cultura para debater a futura Carta Metropolitana para o setor. Esta conferência internacional realizou-se na Casa da Criatividade, juntando decisores, técnicos, estudantes, investigadores, profissionais e diferentes entidades.

A iniciativa foi promovida pela Área Metropolitana do Porto (AMP), com o apoio da Câmara Municipal de S. João da Madeira, cujo presidente, Jorge Sequeira, abriu os trabalhos, tendo destacado que os poderes públicos têm o dever de apoiar o setor da cultura, que considera um pilar essencial de uma “comunidade decente”, assente no “respeito pelos direitos humanos, pela liberdade e pela democracia”.

Nesse sentido, o autarca sanjoanense, enquanto anfitrião desta conferência e vice-presidente da AMP, salientou a importância da definição de uma carta metropolitana da cultura, para que os 17 municípios que a integram possam ter uma intervenção estruturada neste setor e “ferramentas para proteger os artistas e os criadores”.

Para Jorge Sequeira, essa é “uma das missões principais das entidades públicas”, que devem, na sua opinião, “canalizar meios e recursos financeiros” para o desenvolvimento políticas culturais a nível local e regional, segundo comunicado enviado pela câmara ao labor.

Assumindo como grande objetivo a materialização de um compromisso comum, a verter numa futura Carta Metropolitana para a Cultura, o encontro que teve lugar na Casa da Criatividade incluiu a apresentação e partilha de resultados de alguns dos projetos metropolitanos mais relevantes. O programa da conferência incluiu ainda a intervenção do investigador espanhol Nicolás Barbieri, incidindo sobre o universo das “Políticas Culturais Locais”. Foram também realizadas sessões de trabalho vocacionadas para os técnicos e profissionais do setor, coordenadas e dinamizadas por especialistas convidados, cujos focos temáticos corresponderam a algumas das prioridades de atuação da AMP: Participação e Comunidades Locais, Património Cultural e Parcerias e Financiamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...