“Relativamente à situação reportada, não foi ainda possível identificar as origens”, deu a conhecer a câmara ao labor

O rio Ul voltou a ser o centro das atenções, mas, desta vez, não pelas melhores razões.

A munícipe Ana Couto denunciou o estado em que o encontrou no passado dia 15 de maio. “Ao passear junto ao rio Ul, na zona Sul, verifiquei que o mesmo se encontrava poluído e exalava um cheiro nauseabundo, cheiro a saneamento”, alertou em comunicação enviada ao labor.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa de 2 de junho ou no formato digital. Assine o labor aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...