Tudo começou com a agência de S. João da Madeira, à qual se juntaram recentemente mais duas, uma na Figueira da Foz e outra em Águeda 

 

A celebração do 10º aniversário do grupo Re/Max Champion realizou-se, no passado dia 17 de junho, em Espinho. Um espaço onde todos os presentes desfrutaram de um sunset, seguido de jantar de gala e baile com DJ.

Embora tenha assumido a empresa um pouco antes, Pedro Paixão, CEO do grupo Re/Max Champion, abriu as portas da agência de S. João da Madeira a 20 de junho de 2012.

Olhando agora em retrospetiva, não esconde o orgulho que tem na evolução da empresa que assumiu com apenas mais duas pessoas. Atualmente, a agência de S. João da Madeira conta com uma equipa de 68 pessoas, entre agentes e staff.

O 10º aniversário é “um passo importantíssimo” para a consolidação e para o contínuo crescimento do grupo Re/Max Champion que nasceu com a agência de S. João da Madeira e à qual se juntaram recentemente mais duas agências. A Re/Max Champion Avenida na Figueira da Foz em 2021 e a Re/Max Champion Center em Águeda no passado mês de março, deu a conhecer Pedro Paixão.

As perspetivas de expansão não se ficam por aqui, mas, para já, o CEO do grupo pouco mais acrescentou sobre o assunto.  “Estamos em negociações”, disse ao labor.
Independentemente das crises, sejam elas provocadas pela oscilação do sistema financeiro, pela luta contra um agente biológico ou mais recentemente por uma nova guerra na Europa, os mercados ajustam-se umas vezes com mais e outras com menos dificuldades. “O caminho está traçado e estamos constantemente a ultrapassar desafios”, afirmou Pedro Paixão, recordando, especialmente, o ano em que decidiu tomar as rédeas da agência de S. João da Madeira uma vez que 2012 ficou fortemente marcado pela crise económica.

Sentido Visual

Passados 10 anos, o mercado imobiliário encontra-se a bater recordes em relação ao preço de habitações. Numa altura em que a procura supera em grande escala a oferta, o CEO do grupo Re/Max Champion acredita que “o mais coerente e consistente é ter aqui algum equilíbrio. Não tenho qualquer receio que o mercado equilibre, haja mais produto e os compradores desçam ligeiramente”.

A quem escolher o seu grupo para a compra ou venda de terrenos e imóveis, Pedro Paixão assegurou o contacto com profissionais “extremamente bem formados” ao longo de todo o processo e com resultados comprovados, sendo muitos deles reconhecidos com prémios a nível nacional e internacional.

O CEO do grupo Re/Max Champion fez um “agradecimento especial” a S. João da Madeira porque foi onde tudo começou, bem como às outras áreas onde se encontram.  Embora Oliveira de Azeméis, Arouca, Vale de Cambra e Santa Maria da Feira sejam concelhos “fortes” para o grupo, “o epicentro está em S. João da Madeira”, realçou Pedro Paixão, confidenciando que dali não se vê a sair “tão cedo”. Uma década depois de ter tomado uma das decisões mais importantes da sua vida, o risco que correu valeu a pena. “Não tenho dúvida!”, concluiu o CEO do grupo Re/Max Champion ao labor.

Volume de faturação “ultrapassa os dois milhões de euros”

O balanço da abertura da agência Re/Max Champion Avenida na Figueira da Foz é “surpreendentemente positivo”. “O número de transações feito na Figueira da Foz é muito interessante. Se no início tivemos algum receio, agora achamos que faz todo o sentido o projeto. O negócio está cada vez mais estável e continuamos a sentir uma procura muito grande”, revelou Rui Margato, responsável pela agência Re/Max Champion Avenida. Tendo em conta a sua experiência na agência de S. João da Madeira, Rui Margato esclareceu que atualmente está a liderar um mercado diferente na Figueira da Foz. “A maioria dos imóveis que vendemos são segunda habitação”, explicou o responsável pela agência Re/Max Champion Avenida, com a ressalva de que “o mercado habitacional também funciona”. As perspetivas de futuro passam por “estabilizar o negócio, vender com regularidade e crescer”, declarou Rui Margato.

Por ser uma zona que “em termos imobiliários tem muito por explorar” e “um mercado complementar” ao de S. João da Madeira, a abertura de uma agência em Águeda “tem todo o sentido e potencial”, disse André Paixão, responsável pela Re/Max Champion Center.

Neste primeiro ano, o objetivo é “destacar-me da concorrência” e no seguinte “liderar”, adiantou André Paixão, acrescentando a importância de a agência “crescer o suficiente para fazer negócios mais seguros”.

As agências da Figueira da Foz e de Águeda têm cerca de 25 trabalhadores cada uma, mas Pedro Paixão quer aumentar o número para 45 até ao final do ano.

Hoje em dia o volume de faturação do grupo Re/Max Champion “ultrapassa os dois milhões de euros”, todavia, “a ideia é multiplicarmos isto”, revelou o CEO ao labor.

 

“Quando entrei para a empresa nem um ano tinha, éramos ´pequeninos´. Agora não só é uma empresa, como são três. Nunca imaginei que íamos chegar a este ponto. Independentemente do ponto onde chegamos, acho que o importante é pormos os pés no chão e percebemos de onde viemos e quem somos. Para mim continua a ser o principal”, Eduarda Proença, jurista do grupo Re/Max Champion

 

 

“Lembro-me do tempo em que éramos quatro ou cinco agentes. Neste momento, temos uma dimensão enorme. É muito bom ver a evolução das pessoas. O crescimento deles é completamente admirável”, Sara Pinho, gestora comercial de equipa no grupo Re/Max Champion

 

 

“Não consideramos os agentes como um número, mas como seres humanos incríveis com talento natural, eles são o diferencial numa empresa. Acreditamos no seu poten- cial, apostamos sempre na sua formação e publicidade. Já vimos pessoas a entrar com poucas habilitações literárias a triunfarem e terem bastante sucesso. Mas também temos agentes imobiliários com licenciaturas em engenharias, psicologia, gestão, enferma- gem, etc. que mudaram radicalmente a sua vida e aumentaram a realização prossional. Se a pessoa tiver foco e determinação, vai ter sucesso”, Vera Silva, gestora de recursos humanos, diretora de recrutamento e responsável pela expansão do grupo Re/Max Champion

 

Recrutamento de consultores imobiliários

O grupo Re/Max Champion está a recrutar consultores imobiliários para o distrito de Aveiro. Se quer ter formação gratuita, ser integrado numa equipa de sucesso e ter acesso a instalações e condições de trabalho de topo, esta é a oportunidade de que estava à espera! Os interessados devem entrar em contacto com Vera Silva, responsável pelos recursos humanos, através do número 961 354 219 ou do email vm.silva@remax.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...