José Rodrigues nasceu há 52 anos em França. Como tantos portugueses, os seus pais foram para o estrangeiro em busca de uma melhor sorte. Aos 12 anos regressou para a sua terra, a aldeia de Castelo Bom, do concelho de Almeida, pertencente ao distrito da Guarda, em Portugal. Desde que tem memória foi uma criança extraordinariamente sociável, ativa e divertida. “Sempre fui assim. Um brincalhão. Por isso, entendo-os (crianças e jovens) bem. Na minha altura não havia o termo hiperatividade, mas se houvesse eu era um dos que era hiperativo”, disse, a sorrir, ao labor.

Entretanto, o pequeno “Zé Tó” cresceu, quis ser polícia, mas nunca deixou morrer a criança que existe dentro de si. E isso, sem dúvida, que é um dos segredos para o seu sucesso como, arriscamos dizer, o polícia mais popular de S. João da Madeira e arredores.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa de 1 de setembro ou no formato digital. Assine o labor aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...