“A ignorância das pessoas pode ser resolvida com a devida pesquisa de informação acerca das doenças psiquiátricas”, esclarece a artista e autora das obras, diagnosticada com transtorno bipolar em 2012, ao labor 

 

Desde que tem memórias de infância, sentiu e deu largas à sua veia artística?

Sinto que a criatividade e originalidade me acompanham desde cedo. Lembro-me de no A.TL. já elaborar trabalhos em barro muito diferentes dos colegas de cinco anos de idade.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa de 22 de setembro ou no formato digital. Assine o labor aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...