AD Sanjoanense, 8 – AA Espinho, 5

Jogo no Pavilhão da AD Sanjoanense.

Árbitros Manuel Oliveira e Sérgio Paulo Silva.

AD Sanjoanense: Nuno Magalhães, João Ramalho, João Cruz, Hugo Santos, José Almeida.

Suplentes: Marcelo Silva, Luís Filipe, João Candeias, Duarte Terra, Alexandre Barreira.

Treinador: Tiago Sousa.

AA Espinho: Tiago Freitas, André Pinto, Pedro Moreira, Pedro Cerqueira, Ricardo Ramos.
Suplentes: Vasco Reis, Rodrigo Martins, Renato Castanheira, Tiago Moreira, Tomás Ferraz.

Treinador: André Azevedo.

Ao intervalo: 2-2.

Cartão azul para Hugo Santos (1’), Renato Castanheira (49’), André Pinto (49’).

Marcadores: Ricardo Ramos (1’, 45’), José Almeida (8’, 45’), João Ramalho (18’, 28’), Pedro Moreira (24’), Hugo Santos (26’, 31’, 49’), Duarte Terra (46’), Pedro Cerqueira (49’), André Pinto (49’).

Faltas: AD Sanjoanense, 9 | AA Espinho, 10.

Depois de uma paragem de quase três semanas, a Sanjoanense reentrou no campeonato com uma vitória na receção à Académica de Espinho, redimindo-se, assim, da única derrota sofrida na competição, que aconteceu na jornada anterior frente ao FC Porto B.

O jogo terminou com uma goleada dos homens de Tiago Sousa, com um resultado construído na segunda parte, mas até foram os forasteiros que entraram melhor e inauguraram o marcador num lance de bola parada, quando ainda não estava cumprido o primeiro minuto. Uma falta de Hugo Santos valeu-lhe o cartão azul e a marcação de um livre direto, que Ricardo Ramos não desperdiçou.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa de 24 de novembro ou no formato digital. Assine o labor aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...