“Vai ficar tudo bem e vai ficar diferente” 

Qual o balanço do último ano letivo? Tendo em conta que metade do ano foi vivido com “normalidade” e o restante ao ritmo de...

“Uma das coisas em que estamos abaixo daquilo que é esperado é a piscina” 

Como tem sido estar nestes últimos três anos no lado da oposição? Temos tentado ter o mesmo princípio e a mesma forma de estar de...

“Fiz o trabalho normal, não fiz nada de extraordinário nem de herói”

Qual o impacto da Covid-19 no orçamento? Esses valores não estão fechados, pois o ano ainda vai a meio e não se sabe como...

“O plano é, aos poucos, começar a viver somente da atividade musical”

Sanjoanenses no Mundo Sandro Rodrigues tem 24 anos, é natural de S. João da Madeira e é músico, professor de música e assistente de cozinha...

“Vai ser uma época de muito trabalho, algum sofrimento e muitas adversidades”

Nuno Silva prepara-se para cumprir a terceira época ao serviço da Sanjoanense, a segunda consecutiva depois de em 2017/2018 ter tido a primeira experiência no clube alvinegro. E depois de uma época atípica, cancelada devido à pandemia, mas que o técnico considera que esteve acima das expetativas, a nova temporada é encarada com ambição apesar da incerteza, uma vez que o clube só saberá qual a divisão em que irá competir em setembro

“Aquilo que nos une é manter a dignidade que o clube tem tido ao...

No próximo dia 26 a ADRAV vai a eleições para encontrar os novos órgãos socias. A pouco tempo de encerrar um ciclo de cinco anos, Filipe Talhas, que antes de assumir o cargo de presidente foi treinador do clube durante dois, admite que termina este mandato com o sentido de dever cumprido, mas triste por ver a coletividade, que há poucos dias comemorou 34 anos de existência, ainda sem uma sede própria

“Não nos damos parados” 

Impressão Digital Prana O Miguel (Lestre), voz e baixo, o João (Ferreira), guitarra e teclado, e o Diogo (Leite), bateria, fazem música juntos há 12 anos. “1”...

“Sentimos que conseguimos chegar a mais pessoas”

Impressão digital Joana Raposo tem 35 anos, é natural de Minde, freguesia de Alcanena, onde começou os estudos musicais. Foi aluna, professora e diretora pedagógica...

Uma direção empenhada e trabalhadora para uma AEJ “mais transparente”

Em finais de 2018 Joaquim Fial assumiu os destinos da AEJ, encabeçando uma direção que não olha a cargos e onde “todos são presidentes”

“Se tivéssemos jurisdição em S. João da Madeira, provavelmente seria diferente”

  Impressão digital Rafael Ribeiro Tem 31 anos, é natural da Gafanha da Nazaré e Comandante do Destacamento de Trânsito da Guarda Nacional Republicana (GNR) de...
Redimensionar fonte letra
Definições de contraste